Notícias

Em 2 anos, construção civil tem 100% de crescimento em obras em Macapá

O número de projetos arquitetônicos destinados à construção civil em Macapá cresceu 100% de 2011 a 2013, segundo dados divulgados pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Amapá (CAU-AP), nesta segunda-feira (3). Os projetos incluem obras realizadas por pessoas físicas, jurídicas e órgãos públicos.

Para o presidente do CAU-AP José Alberto Tostes, o planejamento urbano deve acompanhar o crescimento populacional, para que seja evitado o déficit de moradias na cidade.

“A cidade cresceu e aumentou o número de investimentos em novos conjuntos habitacionais e verticalizações. (…) Um maior número de projetos significa que mais pessoas estão construindo e mais empresas estão ampliando seus negócios”, destaca o presidente. “A nossa espacialidade tem de ser mais elaborada para que não ocorra um crescimento desordenado”, acrescentou.

Macapá completa 256 anos de criação nesta terça-feira (4). A data é ideal, na opinião de Tostes, para discutir as transformações no cenário urbano da cidade, que tem 440 mil habitantes, segundo Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Basta um morador andar pela cidade para perceber as mudanças”, ressalta o presidente, destacando que o CAU-AP pretende realizar até dezembro palestras para a comunidade com o objetivo de conscientizar sobre as consequências de obras sem fiscalizações e profissionais competentes para fazer projetos.